Português Italian English Spanish

Berçário ao Fundamental I

 contato@espacodosaber.net   (31) 2512-9644
Menu

Artigo Pedagógico: Trabalhando os conceitos relacionados às virtudes...

Vejam como trabalhamos alguns valores na educação infantil em mais um artigo elaborado por nossa equipe pedagógica. Leia o texto abaixo e acesse o original em nossa biblioteca virtual.

 

VIRTUDES? COMO TRABALHAR?

 

Durante todo o ano abordamos um tema muito importante na educação dos alunos: AS VIRTUDES - Fé, bondade, amor, amizade, simpatia, simplicidade, paciência, humildade... - esses são valores essenciais na formação do caráter e da personalidade, são virtudes que educam a consciência.

Sabemos que é na Educação Infantil que a criança desenvolve de modo intenso as primeiras ferramentas para o convívio social, tem as primeiras noções de valores morais e também, por meio de atividades apropriadas, aprimora suas capacidades cognitivas e motoras.

Desta forma, podemos seguramente afirmar que o destino de uma sociedade está diretamente ligado aos valores priorizados por seus cidadãos.

Valores que começam a ser formados desde que nascemos e passam a ser mais fortemente assimilados por volta dos 4 anos, quando a criança começa a compreender o universo das regras morais e literalmente desperta para o senso moral.

Podemos perceber o quanto a Educação Infantil é importante na construção dos valores morais, fazendo um paralelo com a realidade do mundo social.

As regras e os princípios morais só são construídos no decorrer de seu desenvolvimento, experiências e das interações da criança, e tal construção é determinada pelas trocas que as crianças estabelecem com o meio, seja ele familiar, escolar ou social – assim, tornam-se privilegiadas quando entram desde cedo em um universo social dinâmico e construtivo como uma Educação Infantil de qualidade.

Mas, então, por que trabalhar esses valores? Segundo Jean Piaget “Toda moral consiste num sistema de regras e a essência de toda moralidade deve ser procurada no respeito que o indivíduo adquire por essas regras”. Acreditamos que é da afetividade que surgem os valores! O investimento afetivo que a criança realiza nas trocas interpessoais se traduz por uma valorização às pessoas, a si própria e às ações realizadas.

Como trabalhamos? Escolhemos as histórias infantis (contos, poemas, fábulas...), que representam grandes ferramentas em benefício à construção da moral, percebemos o quanto as crianças foram capazes de transpor os acontecimentos das histórias para o seu cotidiano escolar e familiar. Virtudes como honra, honestidade, coragem, fidelidade, amizade... também foram trabalhadas!

Nosso objetivo? Não esperamos que nossas crianças transformem um monstro num príncipe (como na Bela e a Fera) nem que comam a maçã envenenada e sejam despertadas pelo príncipe (como na Branca de Neve)... Nosso objetivo é que nossos alunos sejam capazes de respeitar e escutar os outros, que aprendam como é bonito ser solidário, como é importante ser tolerante, como é gratificante trabalhar em grupo, como é necessário compartilhar ou socializar o que tem/sabem, que aprendam a ganhar mas que também saibam perder... Esse é um processo longo e aqui é a primeira de muitas etapas e o primeiro caminho da educação de valores: Ajudar as crianças a se desenvolverem como pessoas mais humanas e tornar possível, visível ou real, o desenvolvimento harmonioso de todas as qualidades e linguagens da infância, as quais reconhecemos e autenticamos, desde os seus primeiros passos.